Com paralisia facial, Liminha segue internado em SP sem previsão de alta

113

O assistente de palco do SBT Liminha segue internado no Hospital São Camilo Unidade Pompeia, em São Paulo, e sem previsão de alta. De acordo com o último boletim, divulgado na tarde de domingo (14), ele está em tratamento de paralisia de Bell, que atinge o nervo facial. O quadro clínico é estável.

A dentista Fernanda Fiuza, mulher de Liminha, deu mais detalhes no Instagram e contou que o marido está fazendo fisioterapia.

“Muita gente querendo notícias do Liminha e desculpe muitas mensagens e acabo dando atenção a ele. Liminha teve uma paralisia facial periférica (Paralisia de Bell) que é um distúrbio de instalação repentina, a causa é multifatorial, os médicos tratam como se fosse um vírus, junto tem também enfraquecimento ou paralisia dos músculos de um dos lados do rosto. A dor vem diminuindo graças à Deus, trocamos as medicações”, escreveu.

Ela explicou ainda que essa reação inflamatória envolve o nervo facial, que incha e fica comprimido dentro de um estreito canal ósseo localizado atrás da orelha. “Ele no momento precisa descansar e relaxar! Mas tudo foi realmente um livramento e um aviso para que ele desacelerasse um pouco! Obrigada pelas orações, pelas imensas mensagens, as correntes de orações estão sendo muito importante. Estamos aqui firme e forte na palavra de Deus!”, completou.

O profissional de 53 anos passou mal durante a gravação do “Programa Silvio Santos”, na tarde de terça-feira, e foi levado às pressas para o centro médico.

Liminha trabalha com Silvio Santos desde os 14 anos. Começou como porteiro e passou a ajudar Roque na coordenação dos auditórios. Estreou com Silvio no “Domingo no Parque”. Atualmente, trabalha em todos os programas apresentados pelo dono do SBT, como “Programa Silvio Santos” e “Roda a Roda”.

Anuncie